Você está aqui: Entrada Notícias Arquivo de Notícias 2017 Março 70 instituições estiveram presentes no Conselho Local de Ação Social de Barcelos

70 instituições estiveram presentes no Conselho Local de Ação Social de Barcelos

Decorreu, no dia 29 de março, no Auditório da Biblioteca Municipal, o Conselho Local de Ação Social de Barcelos (CLASB) com elevada participação das instituições. Neste plenário, foi avaliado o Plano de Ação de 2016, um plano dinâmico e ajustado às necessidades do território e às oportunidades de financiamentos de quadros comunitários, e foi também apresentado o plano para 2017.

No decorrer da sessão, foram também emitidos pareceres favoráveis relativamente a alguns projetos sociais concelhios, como o Centro de Apoio Parental de Aconselhamento Familiar (CAPAF) do Centro Social de Arcozelo, que foi financiado nos últimos dois anos integralmente pelo Município com um valor superior a 100 mil €; um parecer favorável para a candidatura a um projeto de promoção de autonomia de jovens, entre outros.

Na reunião, a Presidente do Conselho Local da Ação Social, Armandina Saleiro, fez uma retrospetiva sobre os projetos que mereceram todo o apoio municipal, estabelecendo parcerias em rede para a resolução de um conjunto de problemas sociais, nomeadamente na área dos sem-abrigo, violência doméstica, combate à discriminação, proteção de crianças e jovens, entre outros.

São vários os projetos que a Câmara Municipal se assume como parceiro estratégico com as instituições do concelho, designadamente “Um Teto para Todos”, em parceria com o GASC, que consiste no financiamento de apartamentos para alojamento de dezasseis pessoas para reabilitação social dos sem-abrigo; o projeto “Sorrir”, também em parceria com o GASC, que conta com o apoio financeiro e logístico do Município para reabilitação de toxicodependentes; o Banco de material escolar da SOPRO, com apoio financeiro da CMB; o Projeto “Canecas”, do Agrupamento Rosa Ramalho, que consiste na inclusão social de alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE); o Projeto Galo Artis, que pretende combater a exclusão social, com particular incidência na comunidade cigana, e numa faixa etária entre os 6 e os 30 anos, projeto em que o Município é o promotor e o Centro Social Abel Varzim o executor; o Open B que apoia a inclusão social na área urbana, onde a CMB é parceira e ATAHCA, ACIB, GASC são os promotores; e a CMB é também entidade parceira num conjunto de eventos de caráter formativo ajustados à realidade e diagnóstico social.

Além destes projetos em parceria, a CMB tem um vasto programa de apoios, nomeadamente hipoterapia para crianças com NEE, no Centro Hípico Ir. Pedro Coelho; férias de verão na Biblioteca Municipal, Museu de Olaria e Casa da Juventude para NEE; formação na área da orientação adaptada; projeto “Empresas socialmente responsáveis”, que se caracteriza pelo apoio dado pelos empresários num apadrinhamento de um projeto de cariz social.

O Município de Barcelos procura promover o bem-estar das populações, em particular daquelas que pela sua condição social e económica estão mais vulneráveis aos fatores de pobreza e exclusão social, dotando-os de recursos/competências que lhe permitam reduzir/suprir as desvantagens sociais.

É neste entendimento que se enquadram os apoios aos munícipes de menores recursos, como os programas de apoio à habitação e à renda de casa, bem como as bolsas de estudo aos estudantes do ensino superior. Inclui-se também neste conceito o apoio e a proteção social à infância, terceira idade e àqueles que, em razão da sua condição física, cultural, social ou de saúde enfrentam dificuldades acrescidas.

É a pensar nesta realidade que o pelouro de Acção Social e Saúde Pública, em conjunto com os parceiros da Rede Social, trabalha no sentido de corrigir algumas desigualdades sociais, alargar as cadeias redistributivas de forma equitativa, promovendo a coesão social do seu território.