Você está aqui: Entrada Notícias Arquivo de Notícias 2017 Setembro Livro “Territórios Vinhateiros de Portugal” é apresentado em Barcelos

Livro “Territórios Vinhateiros de Portugal” é apresentado em Barcelos

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) está a assinalar os seus 10 anos de atividade com o lançamento do livro “Territórios Vinhateiros de Portugal”. A obra tem sido apresentada um pouco por todo o país. Em Barcelos, o livro tem apresentação agendada para o próximo dia 7 de setembro, pelas 15h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal, e vai contar com a presença do secretário geral da AMPV, José Arruda, que apresentará a obra, e ainda com a participação do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, que fará uma intervenção sobre a importância da presença do território nesta publicação. A apresentação terminará com uma prova de vinhos.

 

Em 360 páginas ilustradas, a obra identifica os atuais 77 municípios vinhateiros associados, caracteriza os seus produtos enológicos e dá a conhecer as potencialidades turísticas de cada território.

Barcelos não poderia deixar de integrar esta obra que percorre as diversas regiões vitícolas portuguesas – Bairrada, Verdes, Douro, Dão, Beira Interior, Tejo, Lisboa, Península de Setúbal, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

No livro, o território é apresentado por Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, como “um concelho marcado pela cor, vida e cultura, onde a vinha, o vinho e o mundo rural são parte da sua identidade e convivem numa harmonia perfeita entre a tecnologia e a tradição”. Acrescenta ainda que “desta união, surgem deliciosos vinhos verdes, espumantes e aguardentes tranquilas, repletos de originalidade resultantes das características do solo, do clima e da peculiaridade das castas e da arte do cultivo da vinha”.

No artigo, com quatro páginas dedicadas a Barcelos e ilustrado por imagens que convidam a uma visita, são destacados os grandes produtores da região e os eventos relacionados com o vinho.

A obra tem uma componente solidária. Por cada livro vendido a AMPV vai entregar 2,5 euros ao Fundo Financeiro de Solidariedade pelas vítimas dos grandes incêndios que devastaram Pedrógão Grande.

A AMPV foi criada em 2007 e apresenta-se como porta-voz de todos os municípios com vincada tradição vitivinícola. Desenvolve ações e atividades de interesse comum a todos os seus municípios associados a nível local, nacional e europeu e tem como missão a afirmação da identidade histórico-cultural, patrimonial, económica e social dos municípios portugueses e dos territórios ligados à produção de vinhos de qualidade.

 

classificado em: