Saltar para o conteúdo
EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish

APACI

Missão:

Melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência e/ou incapacidades e suas famílias de acordo com os valores definidos no código de ética da APACI.

 

Visão:

Desenvolver respostas sociais qualificadas, eficazes e eficientes de referência na região, privilegiando a população maior de 16 anos.

Eficazes: faz aquilo que dever ser feito, que cumpre com suas metas, que realiza o que foi proposto.

Eficiente: diz respeito a como fazer. É uma questão de custo-benefício: “fazer mais com menos”.

 

Valores:

Confidencialidade: restringe o conhecimento de dados dos clientes às pessoas que deles necessitam para o exercício do conteúdo funcional do cargo.

Rigor: toma decisões com base em fatos e executa tarefas e registos conforme definido nos procedimentos.

Privacidade: respeita espaços e tempos afetos à fruição dos utentes.

Integridade: respeita os deveres e os direitos de todas as partes interessadas e as regras organizacionais de conduta.

Solidariedade: assume a interdependência e ajuda recíproca para a garantia da qualidade dos serviços.

Responsabilidade: age de acordo com a missão, as políticas e os requisitos do cargo e justifica as suas próprias ações.

 

Respostas Sociais:

Centro de Formação Profissional

A Formação Profissional assume-se como um processo que visa a aquisição e o desenvolvimento de competências profissionais, tendo em vista potenciar a empregabilidade das pessoas com deficiência e incapacidade, proporcionando-lhes o exercício de uma atividade no mercado de trabalho, contribuindo para a manutenção de um emprego e para a progressão profissional de forma sustentada.

CAO’s – Centros de Atividades Ocupacionais

A APACI conta atualmente com dois Centros de Atividades Ocupacionais. O CAO, localizado em Tamel S. Veríssimo e CAO-Centro Dr. Aníbal Araújo (CAO-CDAA), ambos localizados na rua Joaquim Castro, nº 384 em Tamel S. Veríssimo.

Os Centros de Atividades Ocupacionais são uma estrutura de dia, com objetivos de ocupação laboral, manutenção de conhecimentos e desenvolvimento de competências pessoais e sociais para pessoas com deficiência intelectual e ou com multideficiência.

Esta resposta tem como finalidade desenvolver o potencial ou manter as capacidades das pessoas com deficiência através da criação de atividades diferenciadas e intervenções individualizadas, promotoras de autonomia, qualidade de vida e da inclusão social.

 

Lar Residencial

A valência Lar Residencial da APACI foi criada em Setembro de 1998, com resposta para 10 clientes e surgiu das necessidades sentidas pelas famílias/responsáveis a nível concelhio, na prestação de serviços aos seus familiares com deficiência.

A APACI com a resposta Lar Residencial pretende colaborar com as famílias/responsáveis auxiliando-os na prestação desses cuidados. Desde o início que as dinâmicas e rotinas do Lar Residencial procuram reproduzir um ambiente familiar, respeitando os direitos dos clientes, a sua autodeterminação e as suas decisões.

O Lar Residencial foi pensado em moldes familiares, mas sem a pretensão de substituir a família natural, quaisquer que fossem as suas caraterísticas.

 

Serviço de Apoio Domiciliário (SAD)

O SAD é a resposta social que consiste na prestação de cuidados e serviços a famílias e ou pessoas que se encontrem no seu domicilio, em situação de dependência física e ou psíquica e que não possam assegurar, temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e ou a realização das atividades instrumentais da vida diária, nem disponham de apoio familiar para o efeito.

 

Centro de Ensino Especial (CEE)

A intervenção ao nível do nosso centro visa a estimulação e o desenvolvimento global da criança e jovem com deficiência mental e ou motora, facilitando a aquisição de competências ao nível da satisfação das necessidades básicas, dos conteúdos académicos e do conhecimento e utilização dos recursos do meio próximo e da comunidade em geral.

O Centro de Ensino Especial pretende ser um espaço que proporcione o acesso a áreas curriculares diversificadas, numa perspetiva de interdisciplinaridade, um espaço orientado para a satisfação das necessidades e interesses da criança, com a correspondente e necessária flexibilidade aos níveis da planificação, intervenção e avaliação, com vista ao desenvolvimento global da criança ou jovem com Deficiência Mental.

 

Centro de Recursos (CR)

Desde 2003, o Centro de Recursos da APACI é um serviço credenciado pelo IEFP enquanto estrutura de suporte e apoio aos Centros de Emprego – Barcelos e Esposende, de intervenção especializada no domínio da reabilitação profissional, designadamente nas áreas da Informação, Avaliação e Orientação para a Qualificação e Emprego (IAOQE), Apoio à Colocação (AC) e Acompanhamento Pós Colocação (APC).

 

Intervenção Precoce na Infância (IPI)

A Intervenção Precoce na Infância é o conjunto de medidas de apoio integrado, centrado na criança e na família, incluindo ações de natureza preventiva e reabilitativa, designadamente no âmbito da educação, da saúde e da ação social. O Trabalho é desenvolvido através da atuação coordenada dos Ministérios do Trabalho, da Solidariedade e Segurança Social, da Saúde e da Educação, com envolvimento das famílias e da comunidade.

Centro de Recursos para a Inclusão (CRI)

O CRI é uma estrutura de apoio que visa contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos alunos com necessidades educativas especiais que frequentam a escola de ensino regular. Consiste na prestação de serviços individualizados e personalizados, procurando sempre apoiar as necessidades educativas, através da facilitação do acesso ao ensino, à formação, ao trabalho, ao lazer à participação social e à vida autónoma, promovendo o máximo potencial de cada aluno, em parceria com as estruturas da comunidade.

 

Site institucional: http://www.apaci.pt/

Regulamentos | Ação Social

Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo  do Município de Barcelos

Com o presente regulamento, o Município de Barcelos estabelece as regras de atribuição de bolsas de estudo a estudantes do concelho, mais desfavorecidos economicamente, com o objetivo de reduzir as dificuldades socioeconómicas e contribuir para o desenvolvimento educacional e a elevação cultural do concelho de Barcelos. Encontra-se publicado no Diário da República, 2ª série, º 163, de 21 de Agosto de 2015, pág. 24014 e seguintes. A alteração agora introduzida no Anexo I do regulamento, e que dá origem à atual versão de 2017, foi publicada no Diário da República, 2ª série, nº 158, de 17 de Agosto de 2017, pág. 17839.

Lista de Ficheiros

Ficheiro Descrição Tamanho
pdf Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo do Município de Barcelos versão 2017.1
79 KB

Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional do Município de Barcelos

Com o presente regulamento , o Município de Barcelos define as regras e os procedimentos a observar no apoio ao arrendamento habitacional do Município de Barcelos, visando apoiar as famílias na satisfação das suas necessidades habitacionais. Encontra-se publicado no Diário da República, 2ª série, nº 54, de 17 de Março de 2016, pág. 9525 e seguintes. A alteração agora introduzida na redação da epígrafe e do nº 1 do artigo 6º, e que deu origem à atual versão de 2017, foi publicada no Diário da República, 2º série, nº 158, de 17 de Agosto de 2017, pág. 17838.

Lista de Ficheiros

Ficheiro Descrição Tamanho
pdf Regulamento Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional do Município de Barcelos Versão 2017.1
91 KB

Regulamento Municipal de Apoio à Habitação Social do Município de Barcelos

Com o presente regulamento, o Município de Barcelos estabelece um conjunto de regras e de procedimentos de apoio às famílias na satisfação das suas necessidades habitacionais. Encontra-se publicado no Diário da República, 2ª série, nº 104, de 31 de Maio de 2016, pág. 17065 e seguintes. A alteração agora introduzida à redação da alínea i) do artigo 8º, que dá origem à atual versão de 2017, foi publicada no Diário da República, 2ª série, nº 158, de 17 de Agosto de 2017, pág. 17839.

Lista de Ficheiros

Ficheiro Descrição Tamanho
pdf Regulamento do Apoio à Habitação Social do Município de Barcelos Versão 2017.1
116 KB

Regulamento Municipal de Apoio a Projetos Sociais do Município de Barcelos

Com o presente regulamento, o Município de Barcelos estabelece as regras e os procedimentos de candidatura e avaliação de projetos sociais, com vista a apoiar os munícipes e agregados familiares ao nível da saúde oral, ocular, auditiva e de imagem, mormente, dos agregados familiares mais carenciados. Encontra-se publicado no Diário da República, 2ª série, nº 252, de 28 de Dezembro de 2015, pág. 37833 e seguintes. A alteração agora introduzida na alínea d) do nº 1 do artigo 6º, que dá origem à atual versão de 2017, foi publicada no Diário da República, 2ª série, nº 158, de 17 de Agosto de 2017, pág. 17839.

Lista de Ficheiros

Ficheiro Descrição Tamanho
pdf Reg. Apoio Projectos Sociais Versão 2017.1
65 KB

Regulamento de Voluntariado

Com o presente Regulamento pretende-se defnir as linhas orientadoras para a criação de um Programa de Voluntariado no concelho de Barcelos, visando regulamentar a participação de voluntários em actividades, acções e projectos, entre outras, de natureza educativa, cultural e da acção social desenvolvidas pela Câmara Municipal de Barcelos, de modo a estimular o voluntariado e a contribuir para a formação social e cultural dos participantes.

Lista de Ficheiros

Ficheiro Descrição Tamanho
pdf Regulamento de Voluntariado 104 KB

2019 - Todos os Direitos Reservados - Município de Barcelos | Política de Privacidade | Desenvolvido por DMT

Tamanho da Fonte