Saltar para o conteúdo
EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish

Arqueologia à noite

Princípio 4. Acesso à cultura

A Cidade Educadora promoverá o direito à cultura e a participação de todas as pessoas, sobretudo dos grupos em situação de maior vulnerabilidade, na vida cultural da cidade como forma de inclusão, promovendo o sentimento de pertença e de boa coexistência. Para além da fruição dos bens culturais, esta participação cultural incluirá o contributo que todos os cidadãos podem dar para uma cultura viva e em mudança e o envolvimento da sociedade civil na gestão de equipamentos e iniciativas culturais.

Por sua vez, a Cidade Educadora estimulará a educação artística, a criatividade e a inovação, promovendo e apoiando iniciativas culturais, tanto de vanguarda, como de cultura popular, como meio de desenvolvimento pessoal, social, cultural e económico.

O programa de visitas denominado «Arqueologia à Noite» teve como propósito a fruição e a interpretação do Património arqueológico do concelho de Barcelos, e em especial dos seus locais do Centro Histórico, sob uma perspetiva noturna, pela visita e observação dos sítios e monumentos apenas com iluminação artificial.

A atividade permitiu evidenciar cada um dos monumentos através jogo da incidência da luz sobre determinadas características e aspetos da arquitetura, ou das ruínas arqueológicas, permitindo disciplinar o olhar do participante para os elementos e pormenores significativos da interpretação, e eliminando o ruído visual da envolvente, principalmente os efeitos das sombras, da vegetação e até da restante paisagem.

O «Arqueologia à Noite» decorreu de forma ininterrupta entre 2015 e 2018, ao longo de 16 sessões, realizadas sempre às sextas feiras, e com uma periodicidade bimestral. A adesão do público foi quase imediata, contando com uma média de 50 participantes por sessão, e a única estratégia de divulgação utilizada foi o correio eletrónico, e depois, o passa a palavra. A informalidade das sessões notou-se também na interação entre os participantes, suscitada pela interpretação do sítio arqueológico, colocando questões, fornecendo esquemas de interpretação próprios, sugestões de melhoria da visita, e a partir de certo momento, foram os participantes quem decidiram quais os próximos sítios a visitar.

A atividade permitiu-nos contactar diretamente com as motivações dos participantes, as suas questões e dúvidas sobre os sítios, e constatou-se que o «Arqueologia à Noite» permitiu formar um público para a interpretação, mas também para a defesa e a divulgação daquele Património.

2019 - Todos os Direitos Reservados - Município de Barcelos | Política de Privacidade | Desenvolvido por DMT

Tamanho da Fonte